O lado bom da vida

Oi gente linda e de bem com a vida! *-* Tudo bem com vocês?

Bom, hoje vim aqui contar minha experiência com o livro O lado bom da vida de Matthew Quick. É, demorei meses pra ler esse livro. Primeiro porque a história não me encantou de vez, achei um pouco enrolado demais e, segundo, que tá tudo tão corrido que na única hora do dia que eu poderia ler eu queria dormir, mas né! Terminei!

Fonte
"Pat Peoples, um ex-professor na casa dos 30 anos, acaba de sair de uma instituição psiquiátrica. Convencido de que passou apenas alguns meses naquele 'lugar ruim', Pat não se lembra do que o fez ir para lá. O que sabe é que Nikki, sua esposa, quis que ficassem um 'tempo separados'. Tentando recompor o quebra-cabeça de sua memória, agora repleta de lapsos, ele ainda precisa enfrentar uma realidade que não parece muito promissora. Com o pai se recusando a falar com ele, a esposa negando-se a aceitar revê-lo e os amigos evitando comentar o que aconteceu antes de sua internação, Pat, agora viciado em exercícios físicos, está determinado a reorganizar as coisas e reconquistar sua mulher, porque acredita em finais felizes e no lado bom da vida." (Skoob)

> Minhas primeiras impressões

É um livro bonito, com uma capa instigante (o meu já veio com essa capa inspirada no filme, mas achei linda demais). Livro pequeno, com 159 páginas, vou ler rapidinho (ilusão minha haha). Letra boa, com bastante diálogo.

Quando li a contracapa e as opiniões dos jornais fiquei super animada, mas os primeiros capítulos me decepcionaram um pouco. A história ficou muito enrolada e com a minha correria e falta de tempo, piorou. Cada vez que pegava ele pra ler tinha que reler as últimas páginas, para tentar entender a história.

Arquivo pessoal

> Os personagens

Depois de alguns capítulos Pat me conquistou e passei a torcer por ele e pela Nikki. Pat é um cara muito determinado a admiro demais sua força de vontade em querer mudar e sempre enxergar o lado bom da vida. Sua relação com Cliff, seu terapeuta, é admirável. Uma das melhores partes do livro.

Quando Tifanny apareceu, fiquei com um pouquinho de raiva dela, mas logo aprendi a gostar do seu jeito bem espontâneo e verdadeiro. A mãe de Pat, Jeanie, é incrível. O tipo de mãe que todo mundo gostaria de ter, com certeza!

> Sobre a história

É narrada em primeira pessoa, por Pat, o que faz ser uma história lenta e repetitiva no início e evoluindo com o passar do tempo. Pat tem problemas mentais e não lembra de nada que aconteceu antes de ficar no 'lugar ruim', resumindo, a ideia de Matthew foi sensacional, porque dessa forma carregamos todas as sensações para cada momento decisivo do livro.

Pat batalha, a história inteira, por um reencontro com Nikki e o fim do 'tempo separados'. Tem do seu lado uma mãe incrível, seu irmão e seus amigos. É viciado em exercícios e fã incondicional dos Eagles. Seus dias se resumem em correr, puxar peso, tomar remédios, ir ao terapeuta e falar/respirar futebol americano, sempre pensando em tudo que Nikki gostaria que ele fosse. Sua rotina ganha uma companhia quando Pat conhece Tifanny.

Ponto positivo para os títulos dos capítulos, sempre deixavam um ar de curiosidade, e muuuuuitas vezes quando o capítulo acabava eu voltava para ler o título. E também para as cartas no fim do livro, adoro livros com cartas. *-*

Arquivo pessoal

> Conclusão

Me identifiquei muito com Pat, seu jeito todo positivo de ser é incrível. Tifanny me conquistou aos poucos e ganhou meu coração. Nikki me decepcionou. :/ A história em si, foi ganhando meu coração, tanto que foi difícil de escrever essa resenha. Ela traz uma história de superação exemplar e o lado bom da vida está aí para todos, basta você querer enxergá-lo.

Uma história simples e mágica ao mesmo tempo. Adorei!

Classificação: 4 flores

Bom, não sei se perceberam, mas o formato da resenha mudou um pouco por aqui, espero que tenham gostado. Já separei o filme pra assistir no final de semana e volto aqui (ou não, vou pensar) pra contar pra vocês.

Me contem aqui nos comentários se já leram o livro, assistiram o filme... qual a opinião de vocês? Me contem também, o que acharam da resenha e se querem ver resenha sobre o filme.

É isso! Beijos e até mais!

9 comentários

  1. Faz um tempo que eu quero ler esse livro, não vi o filme ainda mas com a dificuldade que já estou em ler os que já tenho... melhor esperar. E há sobre a resenha de fato gostei assim, é já me interessei mais pelo livro de saber que ele Pat é todo positivo tipo eu assim hahahha beijao amore 💗 www.desapegaadri.com. com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Coloca na tua listinha Adri, vai valer a pena!
      E sim, ele é muito positivo mesmo. *-*
      Beijos!

      Excluir
  2. HUmmm Duda fiquei querendo ler esse livro hahaha!!! Vou dar uma procurada por ele para cmprar hahaha!!! Amei o formato da resenha, ficou bem exclarecedor, com linguagem clara, opinião sincera e sem spoillers!!! Abraços gata!!! www.minhanegracor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ain, obrigada Aline querida! *-*
      Compra mesmo! Vai gostar!
      Beijão!

      Excluir
  3. Faz um tempo que eu li O Lado Bom da Vida e me apaixonei pelo Pat, a única coisa que me incomodou foi a paixão do dele pelos Eagles, toda vez que ele começava a falar do time eu ficava: ''Ah não por favor Peoples seja breve, não aguento mais''
    Porém eu amei o livro *-*
    Ainda não assisti o filme (e acho que nem tão cedo vou assistir) seria ótimo se você fizesse uma resenha dele!
    Beijoo

    primaveraagridoce.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Bruna, também não gostava muito das partes dos Eagles.
      Eu ficava lendo e imaginando eles gritando e fazendo gestos. ¬¬
      Acho que vou fazer a resenha do filme sim.
      Beijos!

      Excluir
  4. Eu quase comprei esse livro.
    Gostei do modo como você fez a resenha, bem detalhado e bem explicado. em livros que são bem difíceis e mesmo sendo com poucas paginas a leitura se arrasta hehe
    Mas apesar de tudo, fiquei curiosa e com vontade de ler. Beijos ♥

    www.patydibona.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Compra Paty! Vai gostar! *-*
      Que bom que gostou da minha resenha.
      Obrigada!
      Beijos!

      Excluir
  5. O filme me fez muito feliz agora eu preciso ler o livro para descobrir se ele é tão bom. Filme muito bom. Bem dirigido, um bom roteiro, divertido, inteligente. Jennifer Lawrence esta digna em seu personagem, ja mostrou que é uma excelente atriz, ja Bradley Cooper me surpreendeu, a história tem sido os melhores filmes de Bradley Cooper que eu vi. Atuações ótimas até mesmo dos coadjuvantes Robert De Niro e Jacki Weaver estão ótimos. Uma ótima historia, madura, diferente de todas essas comedias dramáticas/românticas. Vale muito apena acompanhar.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...